Ressignificar...a palavra de 2020!




CONAD - ABD


No dia 25 de Junho de 2020, foi o dia do CONAD-ABD! Pra quem não sabe, CONAD é o Congresso Internacional de Design de Interiores, promovido pela ABD- Associação Brasileira de Designers de Interiores.


Neste ano, devido a pandemia de COVID-19 foi feita de forma virtual, mas não menos importante, e de acordo com o tema do congresso; RESSIGNIFICAÇÃO, nada mais apropriado…

Sim, estamos ressignificando muitas coisas em nossas vidas diariamente, porém este ano, está muito mais evidente, tivemos a percepção disso brutalmente e por obrigatoriedade, não por escolha…

De uma dia para outro tivemos que mudar, mudar nosso jeito de viver, nossa relação com a casa, nossa relação com as pessoas, nossas formas de comprar e receber. De repente, não vamos mais a restaurantes, bares, parques, shoppings, cinema, escritórios, nem mesmo escolas...E nossa casa teve que ser tudo isso, junto e misturado…

Hoje, nossa casa abriga, além das funções normais, de acolher, receber, comer, descansar, dormir, limpar, organizar, passou a ser sala de aula, home office, cinema, playground para os pequenos, a cozinha tornou-se mais importante, pois queremos recriar cardápios que gostávamos em nossos restaurantes favoritos, as salas estão sendo mais frequentadas pelas maratonas de Netflix, a sala de jantar, virou sala de aula, escritório compartilhado, as sacadas ou pátios estão sendo mais frequentados para suprir aquela necessidade de ar livre…

E diante de tudo isso, como estava sua casa? Certamente, não estava preparada, mas de um jeito ou de outro, acomodou todas as necessidades...Talvez, ressignificamos alguns cômodos, mas outros começaram a cumprir seu papel efetivamente. A cozinha, por exemplo começou a ser frequentada e utilizada por todos, a sala, cumprindo seu propósito de reunir a família, a sacada muitas vezes esquecidas, viraram jardim.

E então, percebemos que precisamos melhorar uma coisa aqui, outra ali, começamos a conhecer nossa casa, com suas qualidades e defeitos, e vimos nela, nosso aconchego, nosso abrigo que tem necessidade de atenção. Esta situação nos fez querer VIVER nossas casas e não apenas MORAR nelas.

E você, já percebeu como será sua relação com a sua casa daqui pra frente?



7 visualizações

All rights reserved.

© 2018 por Bruna Quadros